Atmosfera Terrestre

Revista online em: http://www.scribd.com/doc/27900193/Revista-R-Evolution
Janeiro 06 2010

  • Formação e decomposição do ozono (O3)

Para haver um equilíbrio na atmosfera é necessário que a velocidade de formação e de decomposição, da camada de ozono, seja igual. Contudo tem-se vindo a verificar, que as quantidades de ozono têm vindo a diminuir. Os responsáveis principais responsáveis por este fenómeno são as emissões de CFCs para a atmosfera, que vão actuar na estratosfera como catalisadores na decomposição do ozono. São os radicais de cloro (Cl*), que derivam dos CFCs, que são os culpados por este fenómeno. Os CFCs são derivados halogenados, que têm uma grande volatilidade e estabilidade química, que lhes permite atravessar a troposfera e atingir a estratosfera intactos. As intensas radiações UV neste local vão provocar a fotodissociação da molécula dando origem aos radicais de cloro:

CF2Cl2 + Energia (UV) ----» CF2Cl* + Cl*

 

Os átomos de cloro são muito reactivos acelerando a destruição do ozono:

Cl* + O3 ----» ClO + O2

ClO + O* ----» Cl* + O2

 

Reacção geral:

2O2 ----» 3O2

 

Para além de serem muito reactivos, os átomos de cloro são também regenerados após cada ciclo, sendo um simples radical capaz de destruir milhares de moléculas de ozono.

 


Onde estão presentes os CFC’s?

  • Sprays e aerossóis;
  • Produção de espumas expandidas;
  • Refrigeração (frigoríficos e ar condicionado);
  • Neve artificial;
  • Na limpeza de circuitos electrónicos;
  • etc. …

 

Consequências:

  • Efeito de estufa;
  • Diminuição da camada de ozono;
  • Invasão da troposfera por radiações UV, que podem provocar doenças cancerígenas, e ainda reduzir o aproveitamento de culturas agrícolas.

 

Existem alternativas aos CFC’s?

Sim, hoje em dia existem alguns substitutos para alguns dos tipos de CFC’s, que são 20 no seu total, sendo alguns deles insubstituíveis. Estes produtos alternativos podem ser divididos em duas categorias: a dos hidroclorofluorcarbonetos (HCFC’s), ou seja, o CFC com uma dose de hidrogénio, fazendo com que reaja ligeiramente menos com a camada de ozono; e uma segunda categoria, a dos hidrofluorcarbonetos (HFC’s), também composta pelo hidrogénio mas sem o cloro, deste modo não representa qualquer inconveniente para a atmosfera.

Os derivados do petróleo podem também substituir os CFC’s dos sprays, com uma mistura de butano com propano.

 

publicado por (R)evolution às 18:22

Image Hosted by ImageShack.us
Escola Secundária de Penafiel
Elementos: Ana Santana, André Barbosa, Diana Gomes, Lúcia Silva, Mónica Soares e Sara Silva
Turma: 12ºB
Aqui podes encontrar toda a informação sobre a atmosfera do teu planeta, resumos, exercicios, curiosidades, etc ...
(R)evolution

online
pesquisar
 
Janeiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
16

17
18
19
20
21
22

24
25
26
27
28
30

31


Video da semana
links
Hey! Tens dúvidas?

Image and video hosting by TinyPic
Este tema barralha-te os "miolos"? Então não percas tempo! Manda já um mail para atm-revolution@sapo.pt c/ a tua dúvida, e brevemente receberás resposta ;P
(todas as segundas e sextas responderemos aos mail's)
Patrocínios

Web: www.joseguimaraes.pt